315 dias longe de casa

Esse foi o máximo de dias que já fiquei longe de casa. Sem visitar ou receber visitas da minha família, a 8.000km de distância. Quando tinha 16 anos, fiquei 8 meses longe, agora já se passaram dois meses a mais do que isso. E ainda tenho mais sete meses antes de respirar ares brasileiros novamente.

Muitas pessoas olham de longe e pensam que é fácil morar na Europa, fácil de ganhar dinheiro… A gente ganha em euros, né? Pensam que é fácil de viver, que quem mora em outro país está vivendo o sonho. De fato, estou vivendo um dos meus maiores sonhos.

Mas não é tão sonho assim.

Não é fácil estar longe de casa, do meu país, da minha família, amigos, do MEU POVO. Pelo menos não pra mim… Sou apegada a tudo isso, à vida que sempre tive. Tem dias que dá uma saudade… Que dá vontade de voltar, de abraçar todo mundo, deitar na varanda da casa dos meus pais – melhor lugar do mundo – e só agradecer por estar ali. Aqui eu não tenho isso, por mais que eu tenha me adaptado bem, conhecido pessoas incríveis, tenha um emprego bom, casa completa e esteja com uma vida confortável, eu não me sinto em casa de verdade. Sabe quando você tem consciência dentro de você que isso é apenas temporário?

Eu amo viajar, amo conhecer mil lugares e pessoas, é viajando que eu me sinto mais completa, feliz e leve. A vontade de viver ao máximo cada dia, conhecer todos os cantos que esse mundo tem e viajar por todas as cidades de todos os países é imensa e ela existe dentro de mim, sempre existiu. Dá um aperto no coração ao pensar em voltar pra minha antiga vida em São Paulo. Mas ao mesmo tempo, dá um aperto no peito ao pensar em ficar longe mais um ano. O Brasil está uma merda, a cada notícia que vejo, dá vontade de chorar. Mas eu sou apegada ao meu país, ao clima quente, ao calor das pessoas, da energia que o meu país tem. É isso, eu amo o meu país.

Admiro àqueles que  não são assim tão apegados, que até esquecem que tem uma casa, que tem família. Aqueles que se sentem em casa em qualquer lugar. Eu achava que seria essa pessoa, às vezes até me sinto assim em alguns lugares, mas eu sei onde é a minha casa de verdade, eu sei onde eu me sinto eu, perto de quem eu amo. Eu sei onde é meu porto seguro. O real significado de “minha casa”.

Já tinha começado a escrever esse texto quando completei uns 250 dias em Portugal, mas ontem uma amiga me mandou um texto que fez muito sentido pra mim, de uma brasileira que vive em Portugal e diz que aqui sente como se todo dia estivesse “perdendo uma festa”. Que mesmo lembrando de todos os defeitos da sua cidade no Brasil, ela preferia estar de novo naquela festa que ela só queria ir embora. Que dá saudade até do que ela não gostava. E cara, é verdade. É tão louco, eu tenho saudade até de pegar um ônibus naquela cidade do inferno, de fazer a baldeação da linha verde com a linha amarela querendo chutar todo mundo… Eu sempre fui tão feliz no meu país.

Eu sou feliz aqui, acho que posso ser feliz em praticamente todos os lugares do mundo, mas é uma saudade… Que olha. Nem planos de voltar a morar lá eu tenho ainda, tenho até de morar em outros países antes de qualquer coisa, mas eu sei que um dia eu volto. Quem sabe daqui uns quatro anos, né? rs

Tudo o que aprendi, conheci, cresci e vivi desde que cheguei aqui não chega nem aos pés do que eu teria vivido se ainda estivesse lá, no meu “conforto”. Eu agradeço todos os dias por ter as oportunidades que tive e por estar onde estou hoje. E sei que ainda tem muuuuito pela frente.

Viajar e morar fora é incrível, mas não é tão fácil. E tá tudo bem.

WhatsApp Image 2019-05-02 at 12.09.00
Sem dúvidas a vida é muito mais fácil aqui com esse ser ao meu lado.

 

 

 


Um comentário sobre “315 dias longe de casa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s