Precisamos nos permitir mais e nos culpar menos

Hoje, conversando com uma amiga, refletimos sobre a cobrança que fazemos com nós mesmos e a culpa que sentimos quando não cumprimos com o planejado.

Ela anda estudando diariamente pra passar em um concurso público muito disputado e normalmente visionado por pessoas mais velhas e experientes. Somente estudando, nem trabalhando está. Essa rotina já tem mais de um ano, se não me engano. E ainda tem muito chão pela frente!
Imagine ser a única responsável pelo seu estudo, não ver ninguém, além da própria família por dias, semanas… E se cobrar cada vez mais, afinal, você tem o privilégio de poder apenas estudar e se dedicar 100% a esse propósito. Ok, mas e naqueles dias que o seu corpo e a sua mente pedem arrego? E aqueles dias que você está se sentindo sozinha e desmotivada? E depois de um feriado que você viajou com a família? Você se sente mal por não ter dado tudo de si, por ter perdido o ritmo, por ter dado mais atenção ao aniversário da sua mãe do que aos livros… Tudo o que você faz que não seja direcionado aos estudos, vira motivo de culpa.

E isso não acontece só em situações como essas, mas em tudo na vida.

Estou de dieta há 6 meses, mas ontem comi uma barra inteira de chocolate. Culpa. Estou economizando para uma grande viagem, mas ontem quis comprar um sapato novo e gastei dinheiro que não devia. Culpa. Tinha planejado de limpar a casa e acabar com todas as obrigações e fiquei vendo TV o dia todo. Culpa.

Por que tem que ser assim? A gente merece um break das nossas rotinas massivas, a gente merece se permitir ser feliz e não se preocupar com por** nenhuma de vez em quando. A gente merece.

Se você decidiu comer esse chocolate, EMBRACE YOUR DECISION! Se você decidiu que compraria um sapato, AME ESSE SAPATO! Se a decisão foi feita, não volte atrás, não se culpe. Simplesmente FAÇA O QUE VOCÊ SENTIU NA HORA.

Ok, não precisa ser irresponsável, mas não adianta chorar pelo leite derramado, certo?

Não tem problema se permitir errar, procrastinar, comer, descansar, relaxar… Não tem problema.

O problema é a gente se culpar por tudo que fazemos.

PERMITIR MAIS E SE CULPAR MENOS

 


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s