Eu vou me jogar no mundão

Hoje vou escrever um texto que já estava querendo escrever há muito tempo, mas estava esperando as coisas estarem certinhas pra abrir isso pro mundo.

Há muitos anos eu já tenho vontade de sair do Brasil, me jogar pelo mundo e me virar trabalhando de qualquer coisa. No meio da faculdade comecei a tentar guardar dinheiro. Digo tentar, porque eu fui guardando até o dia de hoje, mas acabei gastando muito do que guardei no caminho em outras coisas, como viagens etc. Nada que eu me arrependa de ter gasto, mas sei que poderia ter guardado mais pra me sentir mais segura hoje em dia. Enfim…
Ah, quando digo “trabalhar com qualquer coisa”, me refiro a qualquer emprego que eu não precise pensar no dia seguinte. Hoje eu trabalho em uma agência como CLT, gosto do que faço, porém estou cansada de fazer isso. Cansada por diversos motivos, mas principalmente porque eu já tenho esse plano faz muito tempo e não me sinto realizada até que eu faça. Me formei em 2015 e o plano era ter ido logo em seguida, mas por mil motivos, não fui. Principalmente por não ter um plano certo ou algumas incertezas. Mas ano passado eu tomei a decisão que na metade desse ano eu iria, nem que fosse pra chegar em outro país sem ter a menor ideia do que fazer.

Pouquíssimo depois que eu decidi que iria, conheci meu amorzão, Marcelo, que também tinha essa vontade. Assim, começamos a pensar em tudo juntos. Demorou pra gente realmente tomar uma atitude, mas hoje posso dizer que em menos de um mês estaremos embarcando pra Portugal.

Cheers!

Mas o que eu vim aqui escrever não foi sobre esses detalhes, mas sobre as últimas mudanças na minha vida. Já faz um tempo que eu não me sinto satisfeita e motivada em trabalhar com o que trabalho, Marketing Digital. Talvez pela forma como trabalho, com os clientes… Enfim, já estou cansada faz tempo. Só estava esperando esse momento pra eu sair, me jogar e me conhecer melhor.

Outro projeto que eu estou enrolando e empurrando faz muito tempo também é o de começar a tatuar. Eu sempre gostei de desenhar, mas nunca pratiquei tanto quanto deveria e queria. Inclusive, algumas das minhas tatuagens fui eu mesma que desenhei. Assim, a maravilhosa da minha tatuadora, a Tabatha, me perguntou há mais ou menos um ano: Por que você não começa a tatuar? E aquilo abriu a minha mente de um jeito maravilhoso. Unir o útil ao agradável, fazer algo que amo pra ganhar a vida. Sem falar que tatuando eu posso viver em qualquer lugar do mundo, né? Aprender novas técnicas etc.

Comprei tudo o que precisava há um tempo e comecei… Até agora só fiz 2 em mim e 2 nos outros. Dei uma parada acho que por pura preguiça mesmo, o que eu sei que é absurdo e ridículo. Pra fazer acontecer eu preciso me mexer, fazer, ir atrás, treinar. Enfim, só sei que estou começando a colocar na minha cabeça que quero ir atrás do que amo e sonho. Não quero ficar sentada atrás de um computador o dia inteiro pensando no final do dia, infeliz com o que estou fazendo. Preciso me mexer!

Eu não consigo colocar em palavras a minha felicidade de ver essa mudança finalmente acontecendo. Pode ser que a gente passe um puta perrengue lá, que o dinheiro acabe, que dormiremos em barraca, mas eu sei que estarei mais feliz lá do que aqui.

Já morei fora quando era mais nova, fiz intercâmbio pros EUA no colegial. Fui porque meu pai disse que seria importante eu ir, é claro que eu queria, mas era imatura e namorava na época, além de ser bem apegada à minha família e o clima da minha cidade ser pique Crepúsculo, bem deprê, diversos fatores que tornaram a minha experiência bem sofrida, não foi fácil, mas foi incrível.

Hoje já estou indo com uma cabeça completamente diferente, sem medo, otimista, com quem eu amo ao meu lado, sabendo que o que eu conquistei e quem eu amo aqui, vai continuar aqui. E que o mundo está aí pra ser conquistado.

Nem sei direito qual era o objetivo desse texto, acho que dar início pra essa nova fase, dar vida às mudanças que estão chegando e já chegaram.
Preparem-se, porque eu pretendo escrever muito, tirar muitas fotos, vídeos e mostrar pro mundo como essa experiência vai ser maravilhosa pra mim e como mudanças podem ser espetaculares pra qualquer um que tem um sonho.

É isso, fazer o que tanto sonhamos pode ser a coisa mais linda do mundo. Vocês não sabem como meu coração está sorrindo. Obrigada!

 


2 comentários sobre “Eu vou me jogar no mundão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s