O que será de nós nesse mundo?

Às vezes me bate um desespero. Vira e mexe. Na maioria dos dias eu não penso tanto nisso, a gente tem que viver, né. Mas de vez em quando, me bate um desespero.

O que aconteceu com o mundo? Será que algum dia vamos ter uma “vida normal” de novo? Ou será que é daqui pra pior?

É claro que eu tento acreditar que o mundo vai melhorar, que os hábitos das pessoas vão mudar. Vamos comer menos carne. Consumir menos plástico. Reciclar. Fazer as pequenas-grandes mudanças do dia a dia. Mas é muita gente! Muita gente precisa mudar. E nasce muita gente todo santo dia! Será que é possível mudar tanto assim?

Nem vou entrar em cada detalhe do que está ruim, do que está péssimo e de como o planeta vem piorando tão mais rapidamente agora do que há cinquenta anos atrás, mas é… é chocante. Quando a gente para pra pesquisar sobre, assiste documentários e se informa do pé que estamos, dá vontade de chorar.

Eu sempre quis ter filhos. Venho de uma família grande, tenho três irmãos, meu sonho é ter uma família linda e feliz, mas será que é justo colocar uma criança nesse mundo? E olha que agora eu estou falando somente do mundo como natureza e recursos naturais, mas e essa pandemia? Seria ela somente a primeira?

Ninguém aguenta mais isso, mas será que tem volta? Será que deveria ter volta? De alguma forma, a pandemia foi benéfica pro planeta Terra. Eu acho. Usamos menos carros, viajamos menos de avião, saímos menos de casa. Mas e daí, né? Já tá tudo tão ruim.

Muitas perguntas, muito medo, muitas incertezas. Eu, que sempre venho aqui escrever coisas positivas e reflexões otimistas, por mais que eu queira esperar algo de bom para o mundo, é difícil.

Semana passada eu estava com covid. Depois de um ano e meio de pandemia, peguei essa merda. E essa porcaria mexe com a nossa cabeça, passa muita coisa aqui. Dá medo mesmo. Acho que por isso que esses pensamentos têm estado mais presentes na minha cabeça, acho que por isso que veio forte hoje pra mim.

Mas nada de novo. Tudo isso já existia. Eu só tento não pensar nisso o tempo todo senão fico louca. E quem não fica?

Por ora, dentro da minha bolha, só quero que meu olfato e paladar voltem. Já ficaram sem sentir o gosto das coisas? Parece que a vida fica sem graça, triste, não dá vontade de fazer nada, de sair, de comer.

Já mudei de assunto. Mas é esse o sentimento diante de tudo isso. Às vezes bate um desespero e tudo fica meio cinza. E o que resta pra cada um de nós é fazer o que puder pra deixar esse mundo melhor para as tantas pessoas que estão nascendo nesse exato segundo. Por mais difícil que seja.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s