Eu preciso de um tempo pra mim

Eu vou começar a escrever de um tema que tenho na cabeça e ver no que dá… Normalmente acaba dando certo.

Enfim, fiquei pensando que quando estamos tristes/ de coração partido/ chateados/ confusos nós procuramos mil maneiras de nos ocupar/ procurar uma solução/ conselhos.

Mas eu acho que a gente devia fazer exatamente o contrário. Ou sei lá, eu devia. Vocês decidem.

Muitas coisas aconteceram na minha vida em que eu tive momentos de dúvida, confusão, tristeza, onde não sabia o que fazer. Nessas horas eu sempre acabo procurando minhas amigas e desabafando horrores, as ouvindo – mesmo que quase sempre eu não as ouça/ faça o que os conselhos diziam para fazer – eu me sinto reconfortada e acabo achando que sei como tomar a decisão que eu tanto precisava tomar.

Nossa, ficou confuso esse parágrafo, né? Mas vamos lá.

Quem nunca terminou um relacionamento/ quis terminar e foi pedir conselhos pra alguém? Às vezes até um desconhecido (que inclusive pode ser melhor nessas horas) Leu um livro de auto ajuda? Ou quem nunca teve um coração partido e tocou o puteiro? Ou simplesmente fez de tudo pra ocupar a cabeça o máximo possível e evitou pensar no que devia ter pensado? Que atire a primeira pedra.

Às vezes isso nos faz bem mesmo e as vezes não.

Desde que terminei meu último relacionamento eu ando saindo muito, conheci pessoas incríveis – acho que não conheço pessoas tão legais há anos, mesmo – fiz ótimas amizades, me diverti pra carajo. Tá sendo ótimo, mas cansativo.

Em outras épocas da minha vida que fiz isso, as mesmas coisas aconteceram, mas os resultados não eram muito positivos. Vamos dizer que eu era meio rebelde/ sem noção. Mas é a juventude né galere e carteirinha em fazer merda.

Bom, eu nem sei onde quero chegar.

Quando eu comecei a pensar isso? Nesse último final de semana eu não fui pra nenhuma festa, não bebi, não sai. Eu fui pra um Spa com a minha mãe e foi bem delícia. Enquanto eu estava fazendo uma massagem – nossa, que chique, foi de graça – eu fiquei pensando em milhões de coisas. E fazia tempo que eu não fazia isso, sério. Por mais que eu escreva meus pensamentos aqui pra o mundo, eu não paro e penso faz tempo.

Não, calma, é óbvio que eu penso, mas normalmente eu não me concentro em fazer só isso sabe? E percebi que estava precisando disso. – já vejo meus pais agradecendo que vou ficar mais em casa.

Será?

Tipo, eu sempre tô pensando, me noiando e me perdendo em mil ideias, coisas, memórias, sentimentos… Mas sabe AQUELA pensada? Então, essa aí eu ainda não tinha feito direito.

Enfim, eu já sabia disso, mas se a gente está triste, a gente tem que chorar. Se estamos confusos, temos que pensar. Se estamos machucados, temos que superar. Não é só quando estamos felizes que temos que curtir o momento.

Entende? A gente tem que focar naquilo que está acontecendo conosco no momento. Não adianta adiar, evitar, fugir. Um dia aquilo vai bater na nossa cara e vai ser pior. Ou vai acontecer da maneira errada.

É sempre melhor encarar o que está a nossa frente na hora ou em pouco tempo.

Eu sempre fui muito positiva, nunca me deixei levar ou abalar por certos acontecimentos por muito tempo, acho que por isso que eu acabo conhecendo tantas pessoas incríveis que andam me fazendo muito bem e por isso que as coisas acabam andando.

Mas mais importante do que isso é o nosso interior. Se ele não estiver em paz, se você não estiver em equilíbrio com você mesmo, nada vai ficar, se encaixar. E talvez nada novo possa realmente começar direito.

Então passe um tempo com você mesmo, pense e repense. Martela a cabeça até saber o que o seu coração e a sua alma quer. Não fica em cima do muro, se encontre.

Ou deixa eu te encontrar……

Zuera.

 

 

 


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s