Tem pessoas que nos preocupam

Quando algo me incomoda muito, seja por ser absurdo ou por já ser algo repetitivo, eu tenho a vontade de escrever. Uma atitude de um colega, amigo, parceiro, familiar… Situações no trabalho, em casa, no relacionamento… Eu preciso escrever. Me expressar, colocar pra fora. Mas o engraçado é que é sempre na procura por uma solução, eu escrevo de forma positiva, na esperança de alguém que faça a tal atitude errada ler e entender. Ou quem sabe tranquilizar alguém que passa pela mesma situação. É, com certeza é isso. Eu gosto de ajudar. E se alguém vier falar comigo sobre o determinado assunto, eu ficarei mais feliz ainda.

Acho que é reconfortante saber que certas situações não acontecem só com você. Principalmente no mundo digital, onde todo mundo quer parecer perfeito, onde só colocamos momentos felizes, sorrisos e viagens.

Pena que o mundo real não é assim, a vida não é assim. Vira e mexe acontece alguma coisa que nos faz querer arrancar os cabelos, socar a parede, sair gritando na rua, largar tudo e ir morar na praia vendendo coco. E conforme vamos ficando adultos, responsáveis e independentes, parece que a quantidade de dias que isso acontece é maior. A gente vai vendo a vida batendo à porta, as dúvidas entrando pela janela, as incertezas saindo debaixo do tapete e a cabeça começa a pensar, a questionar e é claro, a se preocupar.

E o pior é que eu não sou de me preocupar. O pior mesmo é que não sou nem eu que faço com que eu me preocupe. São os outros. A preocupação parece que anda à solta em todo canto. A preocupação vem daquela pessoa negativa que somos obrigadas a conviver. A preocupação vem daquele amigo que vive se comparando com os outros. A preocupação vem daquele texto que lemos falando do futuro. A preocupação vem dos loucos que nunca estão satisfeitos com a própria vida e só sabem reclamar. A preocupação vem quando você não se sente bem em estar onde está no momento mas não consegue sair.

Ou será que eu só estou procurando uma desculpa para não encarar as minhas verdadeiras preocupações?

A realidade é que temos que entender o porquê alguma coisa nos incomoda. Se algo não faz sentido pra você, deveria passar reto, certo? Se algo nos incomoda, é porque tem algo errado. Uma pessoa me incomoda. Uma atitude me incomoda. Uma parte da minha vida me incomoda. Então eu preciso sair dessa. Eu preciso sair.

Pode não ser hoje, agora, nem amanhã. Mas precisamos sair dos lugares que não nos fazem bem. Distanciar-se de pessoas que sugam nossa energia, fugir de situações que nos deixam mal, ignorar comentários que não somam. Na teoria é tão simples.

Adios, tchau, falou!

Podia ser mais fácil mandar certas pessoas pro beleléu.


2 comentários sobre “Tem pessoas que nos preocupam

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s